Pode não parecer, mas os NFTs já fazem parte da rotina de muita gente. A revolução causada pela Blockchain ainda está em curso. Apesar de iniciada e alavancada pelo sucesso do Bitcoin, há muito mais pontos importantes e interessantes.

NFT foi escolhida a palavra do ano de 2021 pelo dicionário Collins. E mais do que apenas uma sigla curiosa, o termo vem tendo ainda mais visibilidade em decorrência de compras de grandes celebridades. 

Madonna recentemente comprou uma unidade da coleção Bored Ape Yacht Club, isso depois de outras celebridades, como Neymar e Justin Bieber, também terem investido grandes somas de dinheiro nas obras NFT dessa mesma coleção.

E aí fica a dúvida: mas então NFT são meras obras de arte?

E a resposta certamente é não! NFT pode ser uma obra de arte digital, uma música, um card colecionável, ter uma função social – como os NFTs de Impacto do Mercado Bitcoin. E o NFT que você comprar também pode ser a sua representação no metaverso.

Isso mesmo! Ao comprar um NFT você pode usá-lo como personagem em um jogo, ou como avatar em uma rede social. Existem diversas possibilidades que a tecnologia Blockchain tem demonstrado com os ativos digitais e com os NFTs isso tem se intensificado. 

Características do NFT

Uma das grandes características do NFT é seu certificado de propriedade. Uma imagem do NFT pode ser facilmente compartilhada, assim como vimos quais NFTs as celebridades acima adquiriram a partir de uma foto. Mas só essa visualização, não garante a propriedade.

Existem NFTs que permitem, por conta do certificado de propriedade, que quando essa imagem for utilizada, o usuário tenha de pagar pelo direito de uso da imagem. Ter a propriedade da peça, faz com que o dono tenha o direito de fazer o que quiser com ela, sem que o próprio criador da peça tenha poder de opinião.

Usabilidade do NFT

Para ficar mais fácil, vamos a alguns exemplos:

Na música, a banda Kings of Leon criou a NFT Yourself. Os tokens não fungíveis que foram vendidos permitiam ao comprador não apenas ouvir as músicas – algo que está disponível para todos – mas ter a posse dos arquivos originais.

Há artistas que criaram uma experiência ligada a NFT, onde o comprador tem acesso a shows, ou a possibilidade de jantar com o artista, ou até mesmo arquivos extras exclusivos para os detentores do token.

Nos games isso fica ainda mais palpável, pois alguns jogos virtuais dão grande espaço ao NFT. Com o token é possível ter itens colecionáveis digitais e até mesmo progredir no jogo de forma mais ágil.

Um dos pontos chamativos do NFT está justamente na ideia de item colecionável. Isso chama a atenção pela propriedade do item, mas também no de comprar algo único e poder, posteriormente, negociar e ganhar grandes valores por conta da unicidade, da escassez do item.

E você, ainda tem dúvidas sobre NFT?

Aprenda ainda mais com os cursos da Blockchain Academy. Não esqueça de conferir nossas lives e conhecer ainda mais sobre o universo cripto.