O apagão da internet em Uganda. - Blockchain Academy
Português English

O apagão da internet em Uganda.

O apagão da internet em Uganda.
19 de janeiro de 2021 Vinicius Chagas

O corte de Internet que ocorreu em Uganda evidencia a necessidade de uma alternativa aos modelos centralizados, dependentes e sujeitos aos governos locais.

O Bitcoin, e na esteira o blockchain, nasceu como um projeto resistente à censura e às imposições do establishment. No entanto, ainda depende da internet para realizar a conexão entre os nós que compõem a rede e destes com as wallets.

O grave ataque à Internet que ocorreu em Uganda escancara um dos lados mais perversos do abuso de poder estatal, uma vez que o acesso à rede foi cortado para impedir que as vozes da oposição fossem ouvidas através das redes sociais.

Por outro lado, os desenvolvedores do núcleo do protocolo Bitcoin estão trabalhando em uma rede de satélites e uma interface de aplicação que possibilitará a operação da rede independentemente de acesso à rede de cabos internacionais (gerenciados pelos governos soberanos).

Além disso, o acesso entre os nós em um mesmo território poderá, em um futuro próximo, ser provido por redes MESH – redes estruturadas entre pares dispersos não conectados hierarquicamente – que vem se desenvolvendo nos últimos anos.

Espera-se que essa restrição seja resolvida, com as redes próprias e a interligação ao sistema Bitcoin via satélite.