Entre os anos de 2020 e 2022, houve um aumento muito considerável no que diz respeito a investidores no mercado cripto. Esse movimento trouxe novos investidores para os mercados e pode-se perceber uma grande valorização nas bolsas e ganhos bem altos no mundo dos criptoativos. Por conta disso, esse momento de bear market pode ser o primeiro de muitos desses investidores.

Para se familiarizar mais com o termo, o bear market é conhecido pela baixa no mercado de investimentos, ou seja, esse período se caracteriza pela queda de preço dos criptoativos, fazendo com que diversos desses novos investidores acabem migrando para outros tipos de ativos. Já para os desenvolvedores em blockchain, esse momento é muito bom para que possam aprimorar e melhorar seus projetos.

Porém, há quatro pontos que podem ser analisados nesse período:

 

Segurança nos investimentos cripto

Atualmente, há mais de 13 mil tipos de criptoativos para negociação no mercado, e para os novos investidores existe a possibilidade de acabarem investindo em alguma altcoin – criptoativos diferentes do Bitcoins – que não sobreviva a esse bear market. Por conta disso, especialistas falam que a melhor opção para manter a sua carteira diversificada e com investimentos em cripto é ir nas que sobreviveram a outros momentos de queda, como o Bitcoin e o Ethereum.

 

De olho nos projetos por trás das criptos

Durante o momento de bear market, alguns usuários acabam deixando de lado o universo cripto por medo ou receio, mas ao mesmo tempo, muitos outros usuários usam desse momento para explorar e aprender mais sobre o ecossistema das criptos (tecnologia blockchain, Web3.0, metaverso, projetos, etc…). Alguns pontos que podem ser analisados em um projeto são a forma que o produto oferecido pelo projeto se adequa ao mercado e o quão bem o token consegue captar o valor do projeto.

 

Investimento na queda

Uma frase muito falada e defendida por alguns criptolovers é a “compre na baixa”. É claro que investir na baixa, principalmente para quem é holder (investidor de longo prazo), costuma ser um ótimo negócio, mas nem sempre pode-se afirmar que essa frase deve ser levada a ferro e fogo. Negociar com altcoins que estão com o preço em queda e que já atingiram preços altos, trazendo lucros para seus investidores, não é garantia de que elas irão performar bem novamente. Então, é um ponto também a ser considerado.

 

Garantia de lucratividade

Mesmo o bear market sendo um momento onde os lucros acabam se tornando mais raros, eles podem acontecer. No universo cripto, é normal que algum token dispare 200%, 300% por diversas razões. Nessas horas, especialistas recomendam a realização parcial de lucro, ou seja, garantir, ao menos, 50% de lucro em cima do valor investido.