Você já ouviu falar no Bitcoin Pizza Day?

No dia 22 de maio de 2010, o húngaro Laszlo Hanycez marcou a história em uma ação aparentemente simples e corriqueira: comprar pizza.

Acontece que essa foi a primeira transação para a compra de um produto, em que o pagamento foi feito com criptomoeda.

Como foi a compra?

Foi uma compra simples: duas pizzas. O preço? O equivalente a 10 mil bitcoins! E a data ficou marcada como o Bitcoin Pizza Day.

No dia 18 de maio de 2010 Hanyecz ofereceu 10.000 bitcoins em troca de 2 pizzas. Isso ocorreu em um fórum de discussão chamado Bitcointalk.org. Quatro dias depois o usuário “Jercos” atende a solicitação de compra.

Bitcoin Pizza Day

A partir daí, o dia 22 de maio passou a ser o marco da primeira transação de compra realizada com criptomoeda.

Até hoje a data é amplamente comemorada na comunidade cripto, principalmente com ações que envolvem bitcoin e pizza. Nada melhor, não é mesmo?

Curiosidades

Pouca gente sabe, mas Laszlo Hanyecz atuava como programador nos EUA e sua ideia a princípio era espalhar suas criptomoedas.

Mas ele também foi um dos primeiros contribuidores do software Bitcoin, sendo o desenvolvedor da versão do software Bitcoin Core para MacOs. Laszlo também inventou a mineração do Bitcoin, utilizando placas de vídeo de computador. Antes a única modalidade era com o uso do processador central, a CPU.

Com esta inovação o programador teve grande vantagem e, na época, a premiação diária era de 7.200 bitcoins aos mineradores. Por conta dessa vantagem, Laszlo conseguia ter uma grande quantidade de criptomoedas.

Outra grande curiosidade é que Laszlo trocou e-mails com Satoshi Nakamoto – a pessoa ou grupo por trás da criação do Bitcoin.

Satoshi elogiou a inovação, mas alertou para os riscos de deixar novos entrantes sem remuneração, pois nem todos tinham placas de vídeo. Satoshi sabia que a mineração seria em breve dominada pela nova tecnologia, mas explicou as vantagens de ter uma rede com mais participantes.

Foi a partir dessa troca de e-mails que Laszlo teve a ideia de comprar pizzas usando Bitcoin para distribuir aos demais usuários.

A pizza mais cara da história!

Foto tirada por Laszlo, do “Bitcoin Pizza Day”, com detalhe da mão de seu filho pequeno.

Em apenas 6 meses o valor pago por Laszlo nas duas pizzas, já tinha valorizado e muito. Os 10 mil bitcoins que na época eram suficientes para bancar pizzas no valor de US$ 40, já valiam 620 dólares. 

Ano após ano a valorização daquelas criptomoedas só demonstra o potencial do mercado cripto. 

A importância do Bitcoin Pizza Day

Apesar das brincadeiras em torno das “pizzas de milhões”, o evento foi importante para definir o bitcoin como uma forma de pagamento. 

Como em 2010 não havia cotação do bitcoin, as poucas transações que ocorriam era feitas por mensagens no Bitcointalk.org. Também era comum distribuir as moedas com novos usuários do fórum.

Com o Bitcoin Pizza Day foi estipulada uma cotação, teve a definição de uma quantia em dólares que representasse o esforço computacional despendido na tarefa de encontrar o hash – a chave.

Mas esse assunto vamos falar ainda em outros textos.

O importante até aqui é entender que o Bitcoin Pizza Day é mais do que uma data comemorativa, mas um evento que marca a entrada do bitcoin e das criptomoedas como forma de pagamento.

Quer aprender como investir em bitcoin? Matricule-se já no curso “5 Passos para investir em bitcoin”, da Blockchain Academy.